quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

O Morro tem vez!

Foto: "O Globo"

“O poeta disse que o morro não tem vez...
Andei pensando nisso e discordei,
O morro tem vez sim.
Tem vez...

Tem vez que ele chora
Tem vez que pode sorrir
Tem vez que ele implora
Tem vez que ele quer explodir

Tem pessoas que às vezes lutam
E aquelas que às vezes chutam
Chutam tudo prá cima,
Quando a tristeza não tem rima.

E, se escondem na fantasia
Correndo prá avenida
Buscando alguma euforia,
Enquanto resta um pouco de vida.

E quando o espetáculo acaba,
E o corpo pede arrego,
O choro então desaba,
Inunda o corpo num aconchego.

Aí é a vez de acordar prá real,
Continuar em busca de um ideal,
Esquecer o medo,
Enquanto aguarda o próximo enredo,
Olhar a moça que passa,
Mostrando um pouco de graça,
Com a lata d’água na cabeça,
Antes que o sonho faleça.”

Texto de Dielma Giangiulio, gentilmente cedido para este blog!

Se você gostou, isso é apenas uma “amostra grátis” do talento dessa amiga blogueira, que é dona de um talento e de uma sensibilidade para escrever, que, como diria qualquer Mangueirense, “nem cabe explicação”! ELA É BAMBA sem dúvida alguma! Confiram o blog dela, e verão que não é exagero!
http://alguemmeouviu.blogspot.com/

Foto: "O Dia"

“TRILHEI, RUAS E VIELAS,
MORRO DE ALEGRIA, DE EMOÇÃO!
PROCURANDO HARMONIA, ENCONTREI A POESIA...
E ME ENTREGUEI À BOEMIA
NO BURACO QUENTE, OLARIA E CHALÉ,
COM MEUS PARCEIROS DE FÉ”

(Trecho do samba-enredo da Mangueira para o carnaval 2011)
Para ouvir o samba todo, uma homenagem ao centenário do grande poeta NELSON CAVAQUINHO, basta clicar aqui! “IMPOSSÍVEL NÃO EMOCIONAR...”

40 comentários:

  1. A Dielma é muito talentosa mesmo. Dessas pessoas que a gente admira mesmo sem conhecer a fundo, mas apenas por sentir a aura de sua alma.
    Feliz por vê-la cá. Belissimas palavras!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Sandro!! Eu q tenho que te agradecer.
    Obrigada por postar meu poema no seu blog, prá mim é uma honra master. Super beijo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema!!! Diz tanta coisa, e com tanta profundidade... Adorei! Parabéns à autora!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, muito bacana, tem talento!

    Abraço

    http://refemdarotina.blogspot.com/2011/01/feliz-2011.html

    ResponderExcluir
  5. Que texto belíssimo!
    É possivel ver com clareza que a poesia faz parte dela =D

    Um forte abraço, meu caro amigo ;)

    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. mt legal hehe.

    entra no meu ae!!


    trollagemvirtual.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. muuito legal
    muitas pessoas ligam morro com trafico, e esquecem que pessoas do bem moram lá

    ResponderExcluir
  8. sandro muito obrigado pelo comentario se possivel repasse para seus amigos verem e conhecerem o blog e parabéns pelo seu blog tb abraçs

    ResponderExcluir
  9. Que bom seria se todos os morros ficassem livre dos vagabundos (Ladão, traficantes e policias)

    ResponderExcluir
  10. Sugiro adaptá-lo para um samba-enredo. Só falta musicar, compor a melodia. O morro nunca morre! Abraços...

    ResponderExcluir
  11. Taí outra coisa q admiro em vc: sua boa vontade para com outros blogueiros. Isso é bom e fortalece muito a blogosfera.
    Para retribuir seu carinho em me oferecer meu primeiro selinho deixei um para vc lá no 'Para que nunca me esqueça'.

    ResponderExcluir
  12. Me lembrou "opinião" de nara leão

    Podem me prender, podem me bater
    Podem até deixar-me sem comer
    Que eu não mudo de opinião.
    Daqui do (Flit ) morro eu não saio não, daqui do ( Flit ) morro eu não saio não.

    Se não tem àgua, eu furo um poço
    Se não tem carne, eu compro um osso e ponho na sopa
    E deixo andar, deixo andar

    Fale de mim quem quiser falar
    Aqui eu não pago aluguel
    Se eu morrer amanhã, seu doutor
    Estou pertinho do céu

    Podem me prender, podem me bater
    Podem até deixar-me sem comer
    Que eu não mudo de opinião

    ResponderExcluir
  13. O MORRO TEM VEZ SIM ç.ç

    otimo post vey

    http://tabernadoviking2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. O MORRO DESABA, MEU AMIGO...O MORRO SE ENTREGA!

    ResponderExcluir
  15. e como o morro fala!!!!!! demais esse texto.
    muito real

    ResponderExcluir
  16. Muito bom o seu texto!!!! Parabéns pelo blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  17. Muito bom o texto, muito bom mesmo.
    Gostei muito do seu blog,
    estaria interessado em parceria?

    http://nadaaverpontocom.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Nossa que versos lindos parabens.. gostei muito.
    http://projetosdeumlouco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Muito boa a iniciativa de parabenizar sua amiga blogueira e poetisa. Os versos dela dizem muito, a este povo, por vezes, tão sofrido e esquecido.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Lindo poema,repleto de sensibilidade e delicadeza... parabéns a autora

    show de bola o blog

    Bjos Apertados

    Cintia
    [cintiacoelho.blogspot.com]

    ResponderExcluir
  21. Excelente poema! Retrata bem a realidade dos morros daqui do Rio (não só o da Mangueira, obviamente).

    Quando puder, confira o meu último post: http://desquotidiano.blogspot.com/2011/01/quer-dar-uma-espiadinha.html

    ResponderExcluir
  22. Belo POEMA !

    E, se escondem na fantasia
    Correndo prá avenida
    Buscando alguma euforia,
    Enquanto resta um pouco de vida.

    http://elarretado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Lindo! Lindo!
    "Tem vez" que a gente é pego de surpresa cheio de sorrisos.

    ResponderExcluir
  24. Parabéns a Dielma, autora do Texto.
    Um texto sensacional num blog de primeiríssima qualidade.
    Sucesso absoluto.
    Grande abraço e ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  25. NUss, quanto talento e arte numa única postagem. :'D


    http://www.naoesexo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Parabéns pela inciativa..pelo blog, pelo post...por nos mostrar esse talento...permitir conhecer o que é bom.

    ResponderExcluir
  27. CADE?
    ATUALIZA SEMPRE MANO!
    NAO DEIXA PARADO NAO!

    ResponderExcluir
  28. Bonito texto.. o autor e morador do morro?

    ResponderExcluir
  29. já tive a felicidade de comentar no seu blog... anteriormente já disse que gostei muito!!! mesmo... é muito diferente saber a realidade de qm mora no rio... no morro de alguém que realmente vive isto... Aqui em são paulo (no interior) muitas pessoas tem uma visão tão diferente... Mas o morro é alegria... e é essa visão que agora eu tenho através do seu blog!

    ResponderExcluir
  30. nossa adorei, to aproveitando pra te seguir colega. me segue de volta se puder

    http://desabafodeumalunatica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. olá! obrigada pela visita e comentário meu blog!
    abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
  32. nossa amiga blogueira tem talento não ?

    gosto de entrar nesta pagina porque sinto gosto de Brasil !

    postei um negocio novo.se puder me visita que seus comentarios aumentam minhas visualizaçoes !

    http://universovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Primeiramente parabéns pelo blog e parabéns para a Dielma pelo lindo poema! É sempre bom conhecer várias faces dos blogs! Se pudre da uma passadinha no http://insanidaddiaria.blogspot.com/
    Ou siga-nos no twitter: @crizlima
    @DainaGarciaS
    Ótima semana
    BjO

    ResponderExcluir
  34. Tô voltando aqui.
    Conheço o morro da Mangueira, meu estágio na época de faculdade foi, praticamente, no pé do morro e trabalhei com muitas crianças de lá. A humildade se mistura com os sonhos e o resultado do que se vê nessas crianças é riquíssimo!

    ResponderExcluir
  35. Muito bom! Coisa boa é isso! Parabéns.

    ResponderExcluir
  36. Conferi e gostei. Ela é sim, bastante talentosa. Tem um dom para as letras incrível.

    ResponderExcluir
  37. Poesia com cheiro de moleque de morro. Uma delícia esse cheiro que inspira nesse poema que sobe ladeira.

    ResponderExcluir
  38. ahhhhh seu blog é show
    seu tópico ficou bem legal também
    muito bom msm, parabéns
    <>
    visite-nos e comente tmbm
    gostando siga e avise que retribuiremos
    se seguir deixe o aviso no comentário
    deixando o seu link para retribuirmos
    <>
    grato
    <>
    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir