quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

De olhos arregalados


Para a grande maioria do público estrangeiro, o carnaval carioca é sinônimo de samba e... mulher pelada. Essa realidade é indiscutível, especialmente porque o requebrado dos quadris de nossas mulatas é um dos maiores cartões de visitas não só do carnaval, como do próprio Rio de Janeiro.
Quando o consultor japonês Keisuke Sakuma desembarcou na cidade, tinha essa idéia na cabeça.
Mas, no meio do caminho existia uma Mangueira. Existia uma Mangueira no meio do caminho...
Como todo estrangeiro, tratou logo de ir conhecer a famosa Verde e Rosa, e em visita ao Palácio do Samba, seus olhos se arregalaram e não foram apenas para admirar as curvas das mulatas. Sakuma pôde ver de perto, que por trás de toda a magia do carnaval Mangueirense, existe uma comunidade que trabalha muito para nos oferecer o espetáculo da avenida.


A partir dessa constatação, passou então a conhecer mais profundamente aquela verdadeira fábrica de sonhos e esperança que atende pelo nome de Estação Primeira de Mangueira, e conheceu o universo do morro, o projeto social Vila Olímpica da Mangueira, e conforme ia se aprofundando, foi tentando entender porque o carnaval existia, sem conformar-se com as explicações de estudiosos e pesquisadores do assunto. Passou então a freqüentar ensaios, conversar (???) com pessoas da comunidade, acompanhar o dia a dia daquela gente, pra entender o que movia esse amor, essa estreita ligação entre o carnaval e a Mangueira , entre a Mangueira e o samba, e até mesmo entre a cultura brasileira e esse ritmo envolvente e essa festa ímpar.
Sakuma desfilou no carnaval de 1998, quando a Mangueira foi campeã homenageando Chico Buarque, e seu trabalho de pesquisa foi tão profundo, que participou até da apuração, ao vivo, na Praça da Apoteose.
Desse episódio, nasceram duas coisas: um amor incondicional daquele japonês à Mangueira, e um livro, “A Magia do Samba”, todo escrito em japonês, onde nosso “japa verde e rosa” demonstra um profundo estudo do carnaval carioca, e declara seu amor por aquela que um dia o recebeu tão bem e coloriu seu coração.
Hoje, ele ostenta o título de “Embaixador da Mangueira” no Japão, onde dá palestras, contando com profundo amor e dedicação, nossa cultura, e claro, sua história de amor com a Estação Primeira do Samba, a Mangueira!

37 comentários:

  1. Sou fã número 1 da cultura oriental, eles tem uma disciplina e uma criatividade formidável!
    Muito bom teu blog! Só não sou muito fã de samba, carnaval.. seu nome me lembrou essas coisas... Mo meu ultimo post declarei minha revolta kkk passa lá!

    http://chicletedeovo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. a mangueira é especial!

    http://manuscritoperdido.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. ...demais, demais, demais... XD
    Que legal essa postagem! ...hihihi... Super feliz de ler uma postagem sobre um japonês "Sakumé! ;D" apaixona-se pela Estação Primeira, pelo Rio e pelo Brasil e ainda faz palestras e escreve livro sobre essa paixão!!! =D

    Gostei muito! Parabéns!

    Grande abraço!

    http://neowellblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Que texto e história linda, interessante é que ele pesquisou mesmo as raíses do carnaval, participou dos bastidores, não se limitou a admirar as mulatas e o ritmo envolvente do samba, mas todo processo artistico e cultural que envolve o carnaval e a importacia dele na vida do brasileiro, principalmente dos envolvidos na realização da festa, que a leva muito a sério e envolve muitos coração.

    grande abraço,
    www.todososouvidos.blogspot.com

    É uma grande honra receber sua visita em meu blog, sempre proporcionando bons comentários, e uma honra maior ainda ler e interagir com o seu, que é de grande qualidade. Obrigado!

    ResponderExcluir
  5. Este nobre senhor traz todos os anos um grupo de japoneses pra desfilar na Mangueira e como povo disciplinado que é, chegam aqui com o samba na "ponta da língua"! Na verdade, nem sei se eles sabem o que estão cantando, mas pronunciam cada palavra como se soubessem! É impressionante!

    ResponderExcluir
  6. Realmente vemos que a milenar cultura japonesa começa a se abrir para conhecer novas culturas e interagir, algo impensável até alguns anos atrás.

    ResponderExcluir
  7. adorei saber disso do outros quererem saber mais sobre a gente.

    ResponderExcluir
  8. O Carnaval ainda resiste nas comunidades e simpatizantes sinceros, mas infelizmente entrou muito dinheiro e perdeu muito da essência. Ainda há resistentes como vc, obviamente.
    Japa verde e rosa soou engraçado: Lol!

    sucesso
    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  9. não so muito ligado ao carnaval
    mas po, legal esse projetos ae da Magueira
    Parbéns :D

    alias, belo post ;D
    sucesso ae parcero
    abraas

    http://trucoladrao.blogspot.com
    http://trucoladrao.blogspot.com

    TRUCO LADRÃO ! ♣ ♥ ♠ ♦

    ResponderExcluir
  10. Já assisti muitos desfiles da Mangueira pela TV. =)
    É uma das Escolas de Samba que mais gosto. As fantasias, a produção, os carros alegóricos... tudo muito criativo!!

    Estou seguindo seu blog tbm! ;)

    http://literaturaecine.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Achei seu blog mt interessant e estou seguindo-o

    qnd pudr, de uma pssadinha no meu?

    bjoos


    http://cabecafeminina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Show adorei o blog tá de Parabéns...

    vou aproveitar e fazer uma propaganda do meu

    um blog que fala sobre estamparia bordada no mundo da moda de uma forma descontraida

    http://estampamoda.blogspot.com

    segue la gente ...

    ResponderExcluir
  13. Bom! está legal tambem gosto da cultura oriental.



    http://www.supremux.com/ Visite diariamente!

    ResponderExcluir
  14. O samba contagia a todos, independente de raça, cultura, país, enfim, um espetáculo.

    ResponderExcluir
  15. Na boa, o Samba não me contagia (minha opinião)
    mas respeito quem gosta

    ResponderExcluir
  16. Eu acho que existe ainda sim essa visão de Brasil, carnaval e sexo fácil aqui no brasil, mas infelizmente é a imagem que os brasileiros exportam. Mas há claro aquele que venha ao Brasil e acabe por descobrir que a história não é exatamente assim! Que podemos ter como exemplo o que você citou no post. Mas acho que a visão do nosso Brasil está mudando... e para melhor?! Afinal o Brasil é um país que está na moda, no momento.

    ResponderExcluir
  17. Bacana... mesmo assim não consigo gostar do carnaval...

    ResponderExcluir
  18. É exatamente o que você escreveu. A primeira impressão para o turista que vem pela primeira vez ao Carnaval no Rio, é a "bundologia".
    Porém, não sabem que existe muito coisa além disso.
    O trabalho da Mangueira é fantástico e você faz isso com muito propriedade.
    O japonês com certeza deve ter percebido isso.
    Abraço e bom domingo.

    ResponderExcluir
  19. poxa, que bacana uma pessoa do outro lado do mundo, vir aqui e se dispor a mostrar o belo trabalho feito pela Mangueira no seu pais de origem....
    realmente, o carnaval já deixou de exportar apenas a fama de mulher pelada, existe toda uma estrutura ao redor dessa grande festa que emprega e ajuda muitas pessoas o ano todo...
    abs

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Infelizmente, para a grande maioria do público nacional (também), o Carnaval é sinônimo de mulher pelada (apenas).

    Geralmente, quando a mídia noticia o evento, dá destaque especialíssimo para as “bundas” que irão “engrandecer” a festa...

    Tenho consciência do sério trabalho para realizar esse grandioso evento mas, para boa parte da população, a imagem/lembrança que fica (ou é imposta) é das “melhores bundas” de cada Escola.

    ResponderExcluir
  22. Há exceções nas regras como você bem mostrou, mas na maioria das vezes os gringos vem com o fim do turismo sexual.

    Belo Blog.
    Abraço.
    http://pensesequizer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. É muito bom, tanto para a escola, quanto para o país, quando conseguimos desmistificar essa imagem de que carnaval é somente festividade (infelizmente há inclusive os que associam a orgia) e mostrar que há mais por trás de tudo. Poder evidenciar não somente os sonhos que nascem e crescem nas quadras, ganhando belas formas; mas também todo o teor cultural que envolve o carnaval.

    Mais um belo passo da Mangueira!

    ResponderExcluir
  24. sei lá não tenho paciencia para samba, nem pra essa coisa carioca de ser....

    ResponderExcluir
  25. Que bom que um grande pais vem se interessando e principalmente entendendo que o carnaval brasileiro não é apenas isso... ADOREI A INICIATIVA!

    PS: Antes Portugal se interessasse também, quem sabe assim o preconceito que cá existe acabasse...

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  26. tanto aqui como fora tem coisa boa sempre
    muito bom!

    ResponderExcluir
  27. MAIS UMA OPÇÃO PRA VOCÊ DIVULGAR SEU BLOG
    !
    !
    !
    http://www.linkdahora.com.br/

    ResponderExcluir
  28. hehe... uma realidade tão distante de mim... passei todo meu carnaval em minas e não sei ainda qual é o fluxo numa avenida, nem mesmo as fantasias...
    talvez algum dia possa sentir na pele... creio que é dificil... porém, nunca se sabe né?
    naum tenho experiencias pra falar diretamente sobre o texto, mas para quem vive essa realidade do carnaval carioca, sente e sabe...
    vale ouro! o trabalho principalmente...

    ResponderExcluir
  29. Realmente,o Samba não é qualquer coisa!É a união de muitas pessoas que querem fazer arte,fazer a alegria do mundo!Acho que a mídia explora muito apenas um lado:as mulheres que desfilam exibindo beleza!
    Na minha opinião,a comissão de frente,as baianas e o colorido é que fazem a grande beleza do carnaval!

    lucirrodrigues@blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. É interessante refletir sobre a visão internacional sobre aquilo que é tão enraizado no Brasil. Afinal, para um povo tão mais recatado, deve ser no mínimo espantosa a desenvoltura do samba, e do carnaval como um todo. Bom texto!

    ResponderExcluir
  31. seu blog é muito bom... parabéns.

    te seguindo...

    http://www.dabliugames.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Adorei a sua visita no meu blog www.corpodiscente.blogspot.com e vim dar uma passadinha por aqui... bom não curto muito o carnaval, mas adorei o post porque fala dos bastidores de toda aquela produção que vemos, no meu caso, na TV. Acho que é por não conhecer que não consigo entender a paixão que as pessoas tem pelo carnaval e aqui pude perceber um pouco o amor que move toda essa produção bjs

    ResponderExcluir
  33. Sensacional...MANGUEIRA É NAÇÃO...abçs Sandro.

    ResponderExcluir
  34. É sempre bom saber que as pessoas são capazes de formar uma "família" por trás de uma fachada. Muito bonita a história desse homem!

    ResponderExcluir