sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

"Forévis"


Nasceu preto, suburbano e sambista.
Dos tempos de internato, o diploma de ajustador mecânico
de pouco lhe serviria: a veia era mesmo de artista.
Era mesmo um sujeito original.
Original do Samba, original no jeito, ao afirmar que pintar a cara,
só podia ser coisa de homem cheio de trejeitos.
Mas não teve jeito! O talento pulsava em seu peito, e sem a menor encenação,
entrava em cena o mais incorreto trapalhão!
De fala errada, e de piada politicamente incorreta,
Fazia graça com a mesma desenvoltura com que fazia samba
e não era pra menos: era da vida um bamba!
E fosse na TV, nos palcos ou na Sapucaí,
Lá estava Antônio Carlos, sempre nos fazendo sorrir.
“Azulão”, “Cromado”, “Grande Pássaro”, “Maisena”,
Chegado num “mé” e falando errado
O criolo bom pra “cacildis”
Tinha na ala das baianas da Mangueira
Uma de suas maiores paixões,
E aquele sorriso maroto, e aquele jeito Mangueirense de ser
Ficará na memória de todo o Brasil.
“FORÉVIS”!


Antônio Carlos Bernardes Gomes, nasceu em 07 de janeiro de 1941 no Rio de Janeiro (algumas biografias aponta o bairro de Lins de Vasconcelos, outras, o Morro da Mangueira). Filho de família humilde, estudou num internato, onde formou-se como ajustador mecânico. Fez ainda carreira militar, mas sua veia artística falava mais alto, pois desde essa época, já participava da Caravana Cultural de Música Brasileira de Carlos Machado. Antes de despontar no grupo “Originais do samba”, Mussum (apelido que teria sido dado por Grande Otelo), já tinha feito participações em TV. Mas foi em 1969, quando resolveu entrar para a trupe dos “Trapalhões” que ganhou maior visibilidade. Aos poucos, o sucesso o impediu de conciliar as duas carreiras, e resolveu seguir como comediante, para tornar-se um imortal do grupo mais marcante da comédia brasileira. Para muitos, Mussum era o mais engraçado dos Trapalhões, e fazia piada de sua própria condição de negro, e claro, seus famosos trocadilhos com a cachaça, ou “mé”. E não tem como citar esse grande artista, sem fazer alusão a sua maior paixão , a Estação Primeira de Mangueira. Mussum foi durante anos Diretor da Ala das Baianas da escola, amor que o acompanhou até as últimas batidas de seu coração verde e rosa, em 29 de julho de 1994.

34 comentários:

  1. Oi! Muito legal o post sobre a vida do Mussum bateu ate uma nostalgia,Grande mestre, porque todo grande artista é mestre na vida tb... eu gosto muito da Mangueira e da Portela :)
    abraço

    ResponderExcluir
  2. grande Mussun. deixou saudades. aliás, sem Zacharias e Mussun, Didi perdeu a graça.

    ResponderExcluir
  3. Legal, bom post, bom saber a historia de um dos grandes nomes da TV brasileira, Mussum com ctz deixa saudades

    http://iliketeenworld.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. É uma grande homenagem essa sua Sandrão, parabens amigo. Realmesnte o Mussum era o cara, era muitissimo esgraçado sem precisar de forçar a barra. Na verdade eu acho que o Didi deve muito ao Mussum e ao Zacarias que faziam rir sem que fosse preciso pensar, eles eram humoristas naturais, sem precisar de textos ou de escadas.

    Sempre encontro coisas boas aqui no seu blog, parabens!

    ResponderExcluir
  5. Linda homenagem!!! Saudades deste, que pra mim foi o melhor dos trapalhões. Saudades também de vê-lo à frente de nossas baianas. Mas ele estará lá este ano de novo...

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, ótimos post's, muito interessante.

    http://enganaador.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo post.
    Adorei muito daqui, pena que ele morreu.
    Ele era muito engraçado.
    Mas adorei aquii!!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. È o Mussum deixou saudades
    POst muito bom e seu blog é show. Parabénsss!!!
    Beijoss
    http://missaobeleza.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Taí, esse detalhe da vida do Mussum eu não sabia.
    Findi especial para vc.

    ResponderExcluir
  10. Ninguém era tão "atrapalhado" e "original" como nosso Mussum!! Tá chato já, dizer q a homenagem é linda, mas... realmente vc escreve com um coração de mangueirense. Bjo.

    ResponderExcluir
  11. muito bom seu blog
    acesse o meu e ria sem parar PFV?
    http://hmfail.blogspot.com/

    PS: Estou seguindo seu Blog entao pesso que siga o meu

    vlw abrassos e visita meu Blog e COMENTE!

    ResponderExcluir
  12. Muito bom o blog!

    Meu blog:

    http://questoesdefutebol.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Sandro seu texto está lindo, uma grande homenagen a Mussum que deixou muitas saudades.

    ResponderExcluir
  14. Já acessei a sua página um considerável número de vezes Sandro, aprendi a soube de muito coisa através de seus posts, coisas sobre o samba e a cultura brasileira entranhada a ele. Mas hoje, confesso que esse foi o melhor que já li, uma homenagem singela e grandiosa a esse homem, um artista, um comediante dos bons e dos grandes como já não se vê hoje facilmente, apesar de não ser da minha época o conheço admiro e já ri muito com ele nos trabalhões e já me divertir muito ouvindo as canções dos Originais do Samba de melodia tão original quanto o nome do grupo. Meus parabéns! Incrível. Um abraço.


    www.catarseonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Essa letra me lembrou Partido Alto, do Chico e cia. NADA como letras de samba pra caracterizar melhor o povo brasileiro. É sinceridade, nada com segundos pensamentos, é do sentimento pra fora, do jeito que sair. Ultimamente tenho ouvido muita música brasileira e o seu blog sempre me traz dicas ótimas. Aliás, nunca estive tão ansioso pra um carnaval quanto esse!

    Abração! E sorte pra Mangueira esse ano! ;D

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Homenagem merecidissima "Forevis"

    Um dos meus herois de todos os tempos...

    ResponderExcluir
  17. Mussum! Grande mussum! (L)
    *http://viciosocirculo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Que saudade que esse teu post me trouxe, Sandro!
    Uma homenagem perfeita!
    Bj!

    ResponderExcluir
  19. Rapaz, que lembrança maravilhosa e essa sua matéria idem. Mussum era fantástico.
    Falar bem do cara é chover no molhado.
    Não é à toa que esse blog é sem dúvida alguma um dos melhores na esfera blogueira. Sempre que passo por aqui encontro ótimas matérias.
    Qualidade assegurada.
    Abraço e ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  20. Um ator comediante bem esquecido entre muitos nesses nossos dias... Grande homenagem a ele! Parabéns por tudo. Pelos escritos e imagens. Grande nostalgia.

    ResponderExcluir
  21. era o mais engraçado! o de sorriso mais sincero e o de atuação mais espontânea. que saudade do mussun!

    ResponderExcluir
  22. Adorei o post e a história, um novo conhecimento para mim. Obrigada por isso!
    Bom foi o primeiro blog que eu achei sobre carnaval e tudo mais. Ótima iniciativa, muito sucesso! Bjs http://bruuhloira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Dsculpa a demora, mas mt obrigada pela participação no meu blog.
    Volte qnts vzs quisr, pois sua opnião eh mt important para nós.


    Um beijo e boa noite.


    http://cabecafeminina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Sem dúvidas uma figura ilustre no mundo da tv, humor e samba!
    Deixou saudades.

    http://resenhandomm.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. A folia foi agitada. Agora o cantor Reginho te dá a dica para cuidar da sua saúde: http://bit.ly/foKnZH #fiquesabendo

    Conheça a Campanha contra a Aids deste Carnaval: www.camisinhaeuvou.com.br
    Siga-nos no Twitter e fique por dentro: www.twitter.com/minsaude
    Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude
    Obrigado,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir
  26. Carnaval e samba eh tudo de bom ! !
    2011 foi ótimo o carnaval
    pena q se foi ja :(

    Guia Comercial de Hortolandia

    ResponderExcluir
  27. ótimo comediante...
    pena q não acompanhei o ápice de sua carreira....
    mas msm assim... sinto saudades =D

    ResponderExcluir
  28. ADOREI esse texto, mandou super bem!

    obrigada pela visita! Estou seguindo ;)

    agiteantesdeusar.net

    ResponderExcluir
  29. Que saudade eu tenho dele e dos trapalhões. Que falta faz Zacarias e Mussum. bonita homenagem, como todas as suas, sempre com uma bela e bonita introdução. Os homenageados devem ficar muito felizes aonde eles estejam por serem lembrados e com tão belas homenagens.

    ResponderExcluir