segunda-feira, 18 de julho de 2011

"Morro" de Simplicidade

“Estação Primeira”, com Carol Sant`Anna. Duvido que alguém não sinta, nesse clipe simples, nesses versos simples, a magia de que vou falar. Tudo muito simples.




Ninguém soube nem talvez nunca saberá explicar o encanto que o Morro da Mangueira exerce sobre as pessoas. Poderia ser mais uma favela (detesto a palavra “comunidade” que a hipocrisia politicamente correta nos impõe!) como tantas outras do Rio de Janeiro. Ora, quantas comunidades (favelas ou não) desse país afora vivem com dificuldade, tem gente humilde, que em meio às mazelas urbanas sobrevivem à custa de muita luta, suor e esforço? Ao contrário do que se pensa, o encantamento da Mangueira não está no fato de ser um morro cravejado de barracos, e com pessoas menos favorecidas num vai e vem frenético. Esse cenário é comum, e não é privilégio (?) somente daquele lugar . Recuso-me a acreditar que seja isso o que mais chame a atenção naquele morro, eternizado nos versos de tanta gente que para não cometer uma heresia, prefiro não citar, porque fatalmente não caberiam todos nem no texto, e muito menos na minha memória nesse exato momento.

A resposta poderia estar no samba, afinal de contas, os nomes da música que em algum momento (ou sempre) cantaram Mangueira formam capítulos e mais capítulos da história da cultura popular brasileira, e claro, a eles deve-se e muito o reconhecimento do lugar . Mas o que teria feito essas pessoas cismarem justamente com aquele morro, com aquela gente? Poderia ser qualquer outro morro, ou qualquer outro bairro do Rio de Janeiro de tantos redutos de bambas e de samba, o Rio da Lapa, de Madureira, dos morros da Cuíca, Borel, Salgueiro.

Ali mesmo, bem pertinho do Morro da Mangueira, tem o Estácio, para muitos o berço do samba carioca (eu me recuso a dizer que o berço do samba não é na Mangueira).

Mas seria tão óbvio achar que essa magia veio disso tudo, sem considerar a imensa sorte do lugar, porque, vamos combinar, se tem uma coisa que nessa questão não faltou à Mangueira foi sorte! Tanta gente boa cismar com o mesmo lugar, e mais, durante tanto tempo... Esse fascínio pela Mangueira é atemporal... Ele não morreu junto com os grandes nomes que eternizaram o lugar, aliás, a cada poeta que se vai, a mística se fortalece. Como diz um samba-enredo da escola, a “Mangueira é o tronco forte que dá frutos a vida inteira”.

Resolvi me permitir uma ousadia: tentar explicar o que é a que Mangueira tem. Talvez a explicação esteja justamente na simplicidade! Lá em Mangueira tudo é tão soberbamente simples que se torna majestoso. Na quadra da Mangueira , junto às pessoas comuns, vê-se artistas, celebridades, políticos e toda gama de gente, tudo tão natural, tudo tão deliciosamente junto e misturado. É tão bom ver as senhoras do morro devidamente alinhadas para um ensaio e ao mesmo tempo ver as beldades da TV tão deliciosamente despojadas, desmascaradas! E tudo ali, do ladinho daquelas casas simples! Quando se está na Mangueira, não existe rico, nem pobre, nem feio, nem bonito, nem famoso, nem anônimo...

Lá o que existe é um orgulho imenso de olhar toda aquela gente com o rosto marcado, com as mãos calejadas, com a vida difícil, mas com um imenso sorriso no rosto. É como se o mundo que conhecemos deixasse de existir, e ali fosse outra dimensão, dando-nos aquela certeza gostosa de que, pelo menos em Mangueira, não existe lugar para infelicidade. Pode até haver tristeza, coisa da natureza humana. Mas ali não vejo nos rostos apenas alegria estampada: vejo sorrisos felizes. E entre alegria e felicidade existe uma enorme distância, talvez a mesma distância que separa o mundo real do mundo que todos encontram, somente ali, nos botecos, vielas, ruas e becos de um lugar de gente simples, mas que bate no peito, com muito orgulho.

O lendário nos fala de Atlântida, Eldorado, Éden, Shangri-lá. Quem sabe o Morro da Mangueira não seja um desses lugares imaginários que “pra se entender tem que se achar que a vida não é só isso que se vê, é um pouco mais....”







Fotos 2 e 3 - Valéria Del Cueto (Dep. Fotográfico da Mangueira)
Ilustração: "Morro da Favela" - Tarsila do Amaral

43 comentários:

  1. parabéns pelo blog seu post tá ótimo


    http://bestfakesnet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Se a felicidade do mundo vem do samba, que venha o samba, não é o meu estilo.. mas é melhor do que muita coisa por aí, prezo o povo que sabe trabalhar e ganhar a vida sem malandragem, esses merecem meu respeito.

    ResponderExcluir
  3. Como mangueirense que sou... Estamos aí! Adorei o blog. Parabéns!

    www.amoreacalanto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Concerteza a alegria do samba rege esse pais, e a beleza a alegria, a felicidade que o povo carioca passa pro resto do mundo é sim gratificante.

    ResponderExcluir
  5. Ah o samba, é nossa raíz, eu que moro aqui no frio SUl tenho uma enorme admiração pelo Samba carioca, Mangueira jé tem o nome de Primeiro lugar!

    ResponderExcluir
  6. Amei, parabéns, amo a Magueira, morei la e sinto saudades de tudo!!!!

    ResponderExcluir
  7. Não conheço a Mangueira, mas é encantador ver a sua dedicação a essa comunidade. Parabéns pelo blog, organizado e com referencias a cada detalhe das postagens. Um trabalho profissional de história. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  8. Acredito que seu grande mistério esteja ligado á alma de seu povo que por trás da dificuldade mostra beleza , amor e orgulho de seu mais fino samba .

    http://fleonandthecity.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente nunca pisei na quadra, só estive no Morro da Mangueira em coração. Mas fui mangueirense desde os meus quatro ou cinco anos de escolha, então acho que o Morro está numa confluência estratégica que sopra ventos verde-rosa, irresistíveis. :-) Proximidade não conta se o coração bate e sente. Beijos rosiverdes e sucesso pra nossa árvore preferida!

    ResponderExcluir
  10. Acho fascinante este seu amor pela Mangueira!
    Fascinante!
    Abraços.

    http://manuscritoperdido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Adorei o espaço... parabens.

    http://radiowebsafira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. adorei teu blog! parabéns!
    Visite o BLOG : ETC MODA & TAL, comente e siga (avise em um coment)
    após seguir estarei seguindo com duas contas de volta!
    SEM CALOTES!!!

    espero sua visita:

    http://etcmodaetal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Bacanérrimo o blog ^^

    to seguindo

    bj

    http://www.agiteantesdeusar.net/

    ResponderExcluir
  14. CASA DO SAMBA

    http://leandrodemorais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. já diziam: "malandro é malandro, mané e mané." to indo nessa escola de samba magistral, pra conhecer!

    O melhor Blog do... Meu bairro!!!
    http://blogdocharque.com/

    ResponderExcluir
  16. O seu amor pela Mangueira é verdadeiro e singelo!

    ResponderExcluir
  17. Morro de vontade de conhecer a quadra da mangueira!

    ResponderExcluir
  18. Merece os parabéns por sua exaltação á mangueira feita de uma maneira muito bonita , seria bom qu tivessem outros blogueiros que exaltassem suas "comunidades" e escolas de samba ,acho que se escolas como Império serrano e Portela tivessem vários de você não estariam na situação constrangedora que se encontram .
    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. como sempre uma storia nova sobre essa comunidade chamada mangueira... parabens,,,

    ResponderExcluir
  20. Eu, uma paulista apaixonada pelo Rio, tenho de admitir que era imensamente ignorante quando o assunto era a Mangueira. Venho aprendendo por aqui, de post em post, de delicadeza em delicadeza! E assim que eu voltar ao Rio deixarei aqui meus contatos pq vou querer conhecer a Mangueira de perto, e tomar uma cerveja contigo!

    ResponderExcluir
  21. acho lindo o carnaval do rio, meu sonho é ir ver os desfiles. A Mangueira é a nossa favorita aqui em casa! Torcendo por vocês em 2012 (:

    beijos
    http://apaixonadasporcosmeticos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. nossa, lindoo demais


    http://desabafodeumalunatica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Olá adorei seu Blog, e já me tornei seguidor.
    me siga também
    http://bidubidu.blogspot.com/
    e seu comentário no Blog é muito importante para nós. visite o nosso site também
    www.bidubidu.com.br

    Obrigada e Sucesso

    ResponderExcluir
  24. Como uma boa pernambucana não abro mão do frevo, ciranda, forró... porém como uma boa brasileira adooooro samba.

    ResponderExcluir
  25. ñ é o tipo de música que gosto, mas ficou legal...

    ResponderExcluir
  26. Adorei o vídeo!!!
    A Mangueira é fascinante, o Rio tem coisas boas!
    Abraço!!

    ResponderExcluir
  27. Existe mesmo uma magia ligada ao lugar... Maravilha de texto o seu!
    Fascínio!


    ;D

    ResponderExcluir
  28. O meu pai! Sandrinho! Mas cada vez que caio aqui no teu blog eu me deslumbro com a tua paixão pela mangueira. Mesmo não curtindo muito o Carnaval, a Mangueira já me conquistou!
    Alias, adorei o video!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Nossa gostei muito do seu relato vi uma verdade e um amor muito grande nas suas palavras ,acredito que deve ser muito legal fazer parte de tudo isso ,parabens pelo video tb muito bacana a música

    ResponderExcluir
  30. MUITO BOM O RELATO DE COMO SURGIU O MORRO DA MANGUEIRA. E A CARA DO BLOG ESTÁ DEMAIS. ABRAÇOS.


    TEM POSTAGEM NOVA NO MEU BLOG. PASSA LÁ:

    http://ozeladorfiel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. como todo bom mangueirense, ter orgulho do lugar de onde veio, não é honrar a camisa como dizem, é entender a sua própria história.

    ResponderExcluir
  32. Gostei do blog, super bem organizado.
    Gosto muito da Mangueira e entender a sua história é sempre muito bem vindo.
    http://majesticlayers.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Post demais!


    adorei mesmo e principalmente da musica Estação Primeira.


    Abraço


    http://rodrigobandasoficial.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Eu sou do samba, mas não conhecia a Carol Sant`Anna. Obrigado por apresentá-la. Seu texto, como sempre, de inegável lirismo, mais uma vez contempla uma belíssima homenagem, apaixonada, ao reduto de baluartes e bambas - os da pesada e os bacharéis. Fantástico! Viva Estação primeira! Como dizia o saudoso intérprete Jamelão, em seu grito de guerra: "Miiinha Mangueiiiiira"!

    ResponderExcluir
  35. Realmente a música é um dos fatores que contribui para que o povo brasileiro continue firme independente da dificuldade
    http://euaparatodosetodas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  36. samba makossa

    http://prefiromorrerdoqueperderavida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  37. Como sou do nordeste, não tenho o prazer de participar disso mas, imagino como deve ser prazeroso. Talvez o lugar seja o de menos, mas as pessoas me parecem divinas. Eu costumo até gostar mais das pessoas simples. Elas, que, sabem valorizar mais a vida. E até... curtem mais.

    Parabéns pelo blogger.
    http://saiidademergencia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  38. Sou da terra do frevo, rs.

    Mas sempre admirei a Mangueira que vejo na TV, imagino como deve ser uma delícia conviver com isso tudo!

    Segue de volta?
    http://amorporclassico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Interessante que até o samba conseguiram estragar fazendo o pagode... mas o samba ainda supera tudo.

    ResponderExcluir
  40. Não gosto de samba mas sempre torci pra verde e rosa no carnaval

    ResponderExcluir
  41. Deve ser a mesma luzque existe na cidade baixa de salvador.

    ResponderExcluir