domingo, 12 de setembro de 2010

Nó na garganta, nó da madeira: NOSSA MANGUEIRA!


E seguiu a alegoria,
vermelha como a cor dos olhos da imensa nação,
Rumo à apoteose, para enfim, a dispersão.
A olhar da arquibancada uma platéia fria: concreto e ferro; poesia.
Ao fundo a marcar a cadência das lágrimas, batida única,
Um surdo a emoldurar o canto mudo da harmonia
E foi seguindo, em evolução, um conjunto de sentimentos,
Saudade, orgulho, e a emotiva felicidade
De um samba-enredo que em desespero
Desabrochava num só refrão:
“Ô ô ô ô,
a Mangueira chegou!”
A bandeira não girava, apenas repousava solenemente
A cobrir o mestre-sala que trazia na garganta
o cortejo mais nobre da fantasia de toda aquela gente
Que sobe e desce ladeira
Segunda à Sexta-feira.
Sábado e domingo, feira!
Um enredo lapidado por quase uma centena de anos,
E por algumas outras dezenas deles, entoando dedicação,
E talvez por milhares de vezes
Por esse país que passa da casa do milhão.
E aplaudiu a multidão, em silêncio o desfile,
Que acabou!
Campeão!






José Bispo Clementino dos Santos, nasceu em 12/05/1913, no Rio de Janeiro. Foi engraxate e vendedor de jornal, até conhecer a música, e foi logo tocar tamborim e cavaquinho nos subúrbios cariocas.
Com 15 anos, conheceu a Mangueira, e foi logo para a bateria da escola. Participando das rodas de samba na Praça XI, sua voz foi logo notada, e daí para ser cantor de gafieiras, foi um pulo. Na década de 40, mais precisamente em 1945, apresentou-se num show de calouros, cantando o clássico “Ai que saudades da Amélia” e seu “Gogó de Ouro” chamou logo atenção da gravadora Continental, que o contratou. Surgia nessa época o emblemático JAMELÃO.
Com sua voz, eternizou os sambas-canções, e a música de Lupicínio Rodrigues, brilhou nos palcos através do talento do “cantor das multidões” ou o maior cantor de dor-de-cotovelo de que se tem notícia.
Sua carreira solidificou-se e seu contrato de exclusividade com a gravadora, não permitia que “a voz do samba” gravasse as faixas da verde e rosa nos discos oficiais (que eram por outro selo). Somente em 1986, Jamelão deu voz ao samba da Mangueira na faixa do disco oficial, mas na avenida, sempre fora ele, desde 1949 a defender as cores do pavilhão de que tanto orgulhava-se.


No carnaval de 1985, devido a compromissos em São Paulo, e por conta de um famigerado atraso de vôo, somente conseguiu chegar ao Sambódromo quando a Mangueira já estava desfilando, e foi a única vez, pelo menos que eu tenha notícia, que sua voz não foi ouvida no desfile oficial da escola durante o mais de meio século como a voz oficial do samba verde e rosa.
Após o carnaval de 1990, Jamelão disse que encerrava sua carreira de cantor dos sambas da escola, mas no carnaval seguinte lá estava ele, firme e forte.
Ao todo, foram 6 Estandartes de Ouro (prêmio do carnaval carioca).
Em 2001, foi elevado a “Presidente de Honra” da Estação Primeira de Mangueira, e nesse mesmo ano, recebia do então Presidente da República a “Medalha da Ordem do Mérito Cultural” comenda máxima que uma personalidade pode receber no País, pelo conjunto de sua obra, e pela contribuição para a cultura do Brasil.
Em 2006, Jamelão defendia a Mangueira em desfile pela última vez, não por que queria, mas a saúde já não mais o permitiria no ano seguinte.
No ano de 2008, aos 95 anos, Jamelão saiu de cena para entrar para a eternidade!
Aliás, Jamelão apenas saiu de cena em 2008. Na eternidade ele havia entrado fazia tempo!






“A vida dura que conhecera desde pequeno, no Engenho Novo, vendendo jornal, engraxando sapatos ou como operário na fábrica de tecidos Confiança, a dos três apitos cantados por Noel, o rondava novamente, muito embora fosse funcionário público aposentado da Secretaria de Segurança do Estado do Rio. O disco que lançara no ano anterior Por Força do Hábito, pela Som Livre, não havia funcionado bem, apesar de sua disposição para divulgá-lo. “É só me chamar que eu vou, para emissoras de rádio, televisão, entrevistas, shows. Tô nessa!”, disse em entrevista ao jornal O Globo. Com Jamelão desapareceu o último grande cantor de sambas-canção em atividade e um tipo de puxador de samba de escola que deixou raríssimos seguidores, todos eles pouco expressivos.”
http://veja.abril.com.br/blog/passarela/figuracas/jamelao/


"Miiiiiiiiiiiiiiiinha Mangueira"


(Jamelão)



Fontes de Pesquisa:

“Uol Educação – Biografias”

“Veja on line”

32 comentários:

  1. Muito legal os temas do seu blog, bem diferente do que costumo ver por ai...
    vou te seguir!
    e obrigada pelo comentario la no meu cantinho! visite sempre!

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não conhecer muito de samba, achei bonita a homenagem que fez ao sambista Jamelão, é importante quando as pessoas fazem isso pois é uma forma de manter viva a memória de pessoas que contribuiram de alguma forma para a cultura e história do país.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a ideia, pq é no samba que começa a nossa indetidade cultural
    http://passatemposdosjovens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. hahahaha, vou ser sincero! Tudo o que a imprensa puxa o saco eu sou contra, então eu sou contra o Corintians, sou contra o Flamengo, sou contra o PT, e sou contra a Mangueira, hahahaha, mas sabe que seu blo é sempre bom de ler e a gente vê que vc ama mesmo o samba e a Estação Primeira, hahahaha.
    Sou Paulista, e gosto da Portela por causa do Zéca Pagodinho, e gosto da Mocidade que me cativou em alguns carnavais que assisti.

    Um abração!

    Visita meu blog!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o seu blog.. Vai lá mangueira.. Que sua hora tá chegando...

    ResponderExcluir
  6. Linda homenagem ao GRANDE JAMELÃO, voz que encantou ao público indepedente de escola de samba. Foi também o maior puxador de samba de todos os tempos.

    ResponderExcluir
  7. A mangueira é mais que uma escola de samba. Criou uma raiz tão profunda e forte dentro do universo simbólico brasileiro que mesmo quem não torce para ela não se furta à admiração pela sua tradição e história.
    Abs

    ResponderExcluir
  8. Que texto lindo!
    Mesmo sem ser carioca, sempre gostei da Estação Primeira e do Jamelão, claro.
    Todos os enredos e desfiles da Mangueira são magistrais e, mesmo quando não ganha o carnaval, já ganhou o coração da gente.

    Obrigada, Sandro, pelo comentário no meu blog.
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. vlw Sandro..Puxa cara, que blog brasileirissimo o teu, ah, gostei muito. apesar de n ser um conhecer de carnaval, adimiro essa parte forte da nossa cultura; abraços.

    ResponderExcluir
  10. apesar de não ser um fã do carnaval , foi bonita a homenagem a Jamelão.

    ResponderExcluir
  11. Sem sombra de dúvida que é uma grande história de vida, que merece ser contata, compartilhada e mais do que nunca, merece ser samba-enredo.

    ResponderExcluir
  12. Jamelão, figura emblemática do samba e da música brasileira, de uma forma geral. Um grande e inesquecível intérprete. :)

    ResponderExcluir
  13. Olá, muito interessante seu blog, com temáticas do nosso ritmo brasileiro. Adorei, saber do samba e de seus pais, é sempre bom.
    seguindoo :)

    um abraços, sucessos.

    ResponderExcluir
  14. "Miiiiiiiiiiiiiiiinha Mangueira."
    Linda e mais que merecida homenagem.
    Se Deus tivesse voz não poderia ser
    a voz do Jamelão?

    A visita aqui no seu blog é obrigatória hahah
    Abração amigo.

    ResponderExcluir
  15. Adorei o tema do blog cara. É legal saber que tem pessoas ainda que se importam muito com o samba o que automaticamente faz da da cultura do nosso país !
    Grande trabalho. continue assim.. valew!

    ResponderExcluir
  16. Olá! Gostei muito do seu blog...
    Achei mais que merecida a homenagem a mangueira e ao Jamelão apesar de não ser carioca.
    Já estou te seguindo...
    Parabéns pelo blog!
    http://palavrasdopoetamf.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Segunda vez que venho aqui, e parece que você gosta bastante de falar sobre as origens e raízes mesmo da escola de samba, bonita a homenagem ao puxador de samba que eu não conhecia, por não gostar taaaaaaanto assim de carnaval e tals...

    Mas seu trabalho é fantástico, parabéns!

    ResponderExcluir
  18. Estação primeira do samba é expoente musical brasileiro.
    Não sou mais doente do pé, tampouco ruim da cabeça
    :)

    ResponderExcluir
  19. MANGUEIRA AHAZA!!! E o samba não morre!

    ResponderExcluir
  20. Minha mãe sempre foi Mangueira de coração, e meu pai cultivava o desgosto pelo carnaval e relacionados. Então, eu não saí com muita tradição... mas se for pra torcer, é Mangueira com certeza!

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Muito bom o post, apesar de eu não curtir muito o ritimo. Parabéns

    []'s
    blog.avoado.com

    ResponderExcluir
  22. Fiquei feliz com seu "re-cmentário" em meu Blog. Obrigado pelo apoio e obrigado por incenticar a cultura através do seu Blog.

    Escuta minha música no YouTube:
    http://www.youtube.com/watch?v=GTP0KOHpiTA

    Abraço grátis!

    ResponderExcluir
  23. Samba é tudo mesmo, dignifica cada vez mais o RJ.Você Acessou meu blog quando fiz uma entrevista! Fiz outro entrevista bem jornalistica mesmo!hehehe
    http://danilofutebol.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Jamelão, rima com canção, coração, emoção, admiração... linda homenagem, Sandro! Bjo.

    ResponderExcluir
  25. Li tudinho, adoreeeeeeei :)
    Uma figura muito ímpar!
    Beijos, Sandro.

    ResponderExcluir
  26. samba e carnaval, marcas registradas do Brasil!!!

    ResponderExcluir
  27. Eu não sou muito fã de samba, mais pai meu sempre torce pela mangueira no carnaval do rio, ele adora o jamelão, achei bem legal a sua homenagem parabens

    ResponderExcluir
  28. Repassando o conhecimento e a cultura de nosso país sofrido e doente... e divino e maravilhoso, por pessoas como Jamelão e como você, que mantém um blog como esse: um enfrentamento!

    F.

    ResponderExcluir
  29. Pô, que legal cara.
    Um blog sobre samba! Taí algo que não se vê muito. Não é meu estilo favorito, gosto mais de metal, rs. Mas dou valor ao samba, a maioria são músicas bem feitas, de letras espetaculares.

    Abraço,

    ResponderExcluir
  30. Vlw por te gostado do blog
    tbm gostei do seu

    ResponderExcluir